Inicio  |    Informação  |    Contactos
<< 2017 >>
  . . . . . . B.
>  27  28  29  30 1 2 3
> 4 5 6 7 8 9 10
> 11 12 13 14 15 16 17
> 18 19 20 21 22 23 24
> 25 26 27 28 29 30 31
Você está aqui:   Home / Noticias / INFO
Festival de multiculturalidade
Festival de multiculturalidade

No passado dia 22 de Maio, pelas 14 horas, no restaurante “O Palheiro”, a Associação de Apoio ao Imigrante São Bernardo, tendo como Presidente a Drª Lyudmila Bila, realizou mais uma actividade intitulada o Dia das Línguas Eslavas. Esta actividade está inserida no plano de actividades de 2010 apresentado ao ACIDI, no qual o objectivo é reforçar a multiculturalidade.

A actividade teve uma pequena exposição de material didáctico sobre o aparecimento do cirílico. O nome do alfabeto cirílico deve-se aos santos Cirilo (827-869) e Metódio (sabe-se que morreu em 885), que se crê terem sido os seus inventores, ao traduzirem diversos textos litúrgicos para língua eslava, utilizando letras que se chamariam depois de “cirílicas”. Cirilo e Metódio de origem grega, foram enviados em missão pelas autoridades eclesiásticas bizantinas, para unir os habitantes do estado da grande Morávia em 863, numa mesma língua que pudesse ser falada por todos, surgindo assim a necessidade de criar um novo alfabeto.

A iniciativa começou com um almoço-convívio, por volta das 14 horas, no qual estiveram presentes o Conselheiro da Embaixada da Rússia, Mirgorod Viktor, o Cônsul da Rússia, Potapov Dmitriy, o Vice-Cônsul da Rússia, Minin Aleksey, o Cônsul da Ucrânia, Vasiltsev Vadym, o Padre Paulo Feortistov, da Igreja Russa do patriarcado de Moscovo, o Padre Filip, a senhora Maria Eduarda, os estudantes do curso de russo, da Universidade de Aveiro, o proprietário da loja de produtos russos, Sergei Pryada, e o Presidente da Assembleia Geral da Associação de Apoio ao Imigrante, Dr. Vítor Gomes.

O espectáculo iniciou com recitação de poemas e músicas russas, cantadas por jovens da Primeira Escola Eslava de Lisboa, em Portugal. Após um pequeno concurso organizado pela docente Olga Slivka, da Escola de Domingo da Associação de Apoio ao Imigrante, a portuguesa Ana Santos, interpretou as peças “Lusitana Paixão” e “Canção do Mar”. O espectáculo prosseguiu com a actuação da cantora, Alevtina, residente na cidade do Porto. A iniciativa terminou com danças tradicionais russas e ucranianas realizadas pela Associação Amizade de Gondomar.



 

 

 

 



ImpressãoImpressão | 28-05-2010, 10:11:00 |